Anotações. ELEIÇÕES 2017? (II)


A suspensão das eleições diretas no Amazonas [1] vem no instante que a maioria da classe política regional já apostava na solução do impasse político através de uma decisão popular. Contudo, assim como nas séries de tevê, a reviravolta parece pertinente na dinâmica do cenário político regional. Não faltou reclamações, críticas e acusações das diversas chapas concorrentes.

Entendemos tal decisão é equivocada, tecnicista e desigual, porque coloca nas mãos dos deputados, que certa forma, se verificamos corretamente, também se beneficiaram com abuso do poder econômico nas eleições passadas. Na verdade, é uma Assembleia Legislativa de costas para os problemas do povo amazonense, então sem qualquer legitimidade para escolher um novo governo.

Estamos na luta que mantenham as eleições diretas. Não aceitamos que duas dúzias de pessoas deem destino para povo amazonense ou apenas mudem de governador, num governo se prolonga com Davi Almeida. A esquerda regional deve se posicionar diante dessa decisão. Porque aparece a oportunidade de fazer um debate franco sobre a crise que assola o povo da periferia da capital e do interior.

-----
1. Notícia. http://d24am.com/politica/supremo-publica-decisao-de-lewandowski-que-suspende-eleicoes-no-am-leia-na-integra/

Imagem. Reginaldo/Amazonas Atual
0